Tudo sobre o novos Qualcomm Snapdragon 660 e 630

56274
0
Share:

Hoje, a Qualcomm anunciou duas novas plataformas móveis para o mercado de smartphones – o Snapdragon 660 e o Snapdragon 630. Posicionados logo abaixo da gama 800, estes dois novos processadores têm como principal objetivo garantirem desempenho e recursos de nível superior a dispositivos de gama média.

Vamos começar por olhar rapidamente para as especificações dos processadores mais recentes e anteriores da Qualcomm.

Snapdragon 660 Snapdragon 653 Snapdragon 630 Snapdragon 626
CPU 4x Kryo 260 @ 2.2GHz
4x Kryo 260 @ 1.8GHz
4x Cortex-A72 @ 1.95GHz
4x Cortex-A53 @ 1.44GHz
4x Cortex-A53 @ 2.2GHz
4x Cortex-A53 @ 1.8GHz
4x Cortex-A53 @ 2.2GHz
4x Cortex-A53 @ 1.8GHz
GPU Adreno 512 (Vulkan API) Adreno 510 Adreno 508 (Vulkan API) Adreno 506
Co-processors Hexagon 642 + HVX, All-Ways Aware, Spectra 160 Hexagon, All-Ways Aware, 2x ISP Hexagon, All-Ways Aware, Spectra 160 Hexagon, All-Ways Aware, 2x ISP
LTE X12 LTE
600Mbps down,
150 Mbps up,
3x20MHz CA, up to 256-QAM
X9 LTE
300Mbps down, 150Mbps up, 2x20MHz CA, up to 64-QAM
X12 LTE
600Mbps down,
150 Mbps up,
3x20MHz CA, up to 256-QAM
X9 LTE
300Mbps down, 150Mbps up, 2x20MHz CA, up to 64-QAM
Bluetooth 5 4.1 5 4.2
Quick Charge 4.0 3.0 4.0 3.0
Processo de fabrico 14 nm 28nm 14 nm 14 nm

Snapdragon 660

Começando pelo Snapdragon 660, esta plataforma móvel é a sucessora do modelo 653 da Qualcomm. Existem algumas alterações significativas entre estes chipsets, sendo que a primeira das quais é a alternação do processo de fabrico de 28nm para 14nm que é muito mais eficiente. A segunda diferença é que a Qualcomm introduziu os núcleos Kryo 260 no processador mais recente, numa combinação Cortex-A72 e A53.

A Qualcomm não levantou propriamente o véu acerca do que compõe o núcleo Kryo 260, porém não deverá ser muito diferente do que podemos encontrar no Kryo 280, com alguns ajustes específicos e um novo layout de silício personalizado. O que sabemos é que o Kryo 260 vem com o habitual conjunto 4 + 4, com 4 quatro núcleos a operarem a 2.2GHz com 1MB de cache L2, e outros 4 a 1.8GHz .

No campo gráfico, o Snapdragon 660 foi atualizado com um processador Adreno 512 mais poderoso. A Qualcomm afirma que estas mudanças resultam num aumento de 20% ao nível do desempenho do processador.

É claro que a última plataforma móvel da Qualcomm não estaria completa sem um conjunto de funcionalidades extra. Dentro do Snapdragon 660 encontramos também um modem X12 LTE melhorado, compatibilidade com Quick Charge 4, Bluetooth 5, USB Tipo C, entre outras.

Para os consumidores, isto significa um melhor suporte para hardware de câmara dupla e recursos melhorados de processamento de imagem, como o zoom ótico e as otimizações no sensor Clear Sight, acompanhamento ocular e mapeamento de profundidade. Ao nível da duração da bateria também existem novidades e o novo Qualcomm 660 deverá disponibilizar 2 horas de autonomia extra, comparativamente ao 653.

Snapdragon 630

O Qualcomm Snapdragon 630 não é tão rico em recursos como o 660, mas ainda assim também disponibiliza diversas melhorias em relação ao seu antecessor, o Snapdragon 625. Este chip também é desenvolvido com um processo de fabrico de 14nm.

O Snapdragon 630 utiliza a mesma configuração octa-core ARM Cortex-A53 que antes, porém com uma velocidade de relógio ligeiramente superior de 2.2 GHz. Na prática isto representa um aumento de 10% em desempenho comparativamente ao 625.

A plataforma 630 tem um processador gráfico mais poderoso e deu o salto do Adreno 506 para o 508. A Qualcomm afirma que esta alteração disponibiliza até 30% mais desempenho.

Outras melhorias na plataforma móvel 630 incluem a mudança para um modem X12 LTE, Spectra 160 ISP, suporte para ecrãs QXGA (2048 x 1536), Quick Charge 4, USB tipo C com velocidades de 3,1, Bluetooth 5, All-Ways Aware, entre outras.

O Snapdragon 660 já está disponível para os fabricantes de dispositivos e espera-se que apareça nos equipamentos que chegam ao mercado neste trimestre. Já o Snapdragon 630 vai estar disponível para os fabricantes no fim deste mês e só deverá começar a chegar aos equipamentos que vão ser lançados no trimestre seguinte.


Share:

Leave a reply