O efeito do Whistleblowing na economia e nos mercados

100679
0
Share:

O estímulo aos mecanismos de denúncia interna de irregularidades também conhecido por whistleblowing e as fugas de informação tem estado em grande destaque na ultima década, com nomes como Julian Assange ou Edward Snowden a estarem frequentemente na ordem do dia.

O mesmo se tem passado ao nível das grandes empresas, especialmente porque novas formas de proteção e até incentivos financeiros têm sido disponibilizados a pessoas que estão preparadas para reportarem ou para juntarem provas acerca de determinadas práticas nas empresas onde trabalham.

Na realidade, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos atribuiu muito dinheiro em incentivos a atribuir a whistleblowers empresariais, num caso que fez os títulos nos meios de comunicação em 2013 quando um whistleblower anónimo recebeu 14 milhões de dólares. Porém, nem todos os whistleblowers são tão bem tratados, especialmente quando existe uma fuga de segredos governamentais, como foi exemplo Edward Snowden.

Existem diversas consequências quando alguém se transforma num whistleblower, e as mesmas podem ir muito além do individuo, empresa ou governo que foi exposto. O Whistleblowing obviamente conduz a escândalos e quer se trata de um escândalo a nível empresarial ou esteja relacionado com um governo, isto tem um impacto imediato nos mercados financeiros.

Escândalos Empresariais e Confiança dos Investidores

Quando uma empresa é envolvida num escandâlo devido às acções de um whistleblower, isto tem um efeito imediato e profundo nas suas acções. Os investidores perdem sobretudo confiança assim que os meios de comunicação e depois o público, se viram contra a empresa em questão e o preço das acções caiem abruptamente. A escala do problema depende da natureza do escândalo e do seu interesse para o público. Porém para as grandes marcas, qualquer tipo de escândalo tem um impacto duradouro. Da mesma forma, os acionistas que não tiverem conhecimento das práticas que o whistleblower revelou, podem abandonar o barco. Quando uma empresa tem muita importância e está por exemplo listada num grande indíce de acções, todo o mercado pode ser afetado pelo escândalo, com as organizações concorrentes a procurarem beneficiar da má publicidade que foi dada à empresa envolvida.

Impacto Global

Os efeitos do whistleblowing podem inclusivamente ter impacto na moeda, no mercado forex e também nas relações económicas entre diferentes países. O caso do Snowden é um dos exemplos mais extremos disto, quando as suas revelações acerca do governo norte-americano causaram tensão nas relações entre os Estados Unidos e muito dos seus aliados, incluindo a União Europeia que foi surpreendida pelas informações que figuras chave como a Chancellor Alemã Angela Merkel tinha sido alvo de vigilância.

Ao memso tempo que o controlo de danos custou milhares de milhões aos Estados Unidos após as revelações de Snowden, o impacto financeiro mais duradouro pode muito bem ter sido a nível governamental, criando desconfianças contra a América. Importa salientar que ocorreram também mudanças culturais, uma vez que diversas pessoas em todo o mundo passaram a preocupar-se com a privacidade dos dados. Este facto, foi de certo modo positivo para o crescimento de algumas empresas que lançaram diversos produtos orientados para a segurança digital. Porém, outras ficaram sob escrutínio acerca dos dados que mantiveram e como foram utilizados.

No entanto não será difícil percebermos que a maioria do whistleblowing (ou das denúncias) tem efeitos muito mais limitados do que o caso Snowden, porém, para todos os que observam os mercados, o whistleblowing nunca deve ser subestimado, uma vez que é um fator que pode conduzir a movimentos rápidos e significativos.


Share:

Leave a reply