Imagens fantásticas de observatório da Nasa que flagrou eclipse solar no espaço

128235
0
Share:

Na última quinta (25), Observatório Solar Dynamics, da Nasa, flagrou um eclipse solar parcial que não pôde ser visto em nenhum canto do nosso planeta.

O evento durou quase 1 hora (entre as 2:24 e 3:17 p.m. EDT) e a Lua cobriu cerca de 89% do Sol. Nas imagens da Nasa, é possível enxergar o horizonte nítido da Lua, já que não há nenhuma atmosfera para distorcer a luz solar.

Há um novo eclipse previsto para 2017. Ele deve acontecer em 21 de agosto e poderá ser visto da Terra para quem estiver na América do Norte. Partes da América do Sul, África, Europa e Ásia só verão o eclipse de forma parcial. Observadores estão se preparando para um tipo de eclipse solar total (em que a Lua tampa o Sol completamente). O eclipse solar completo ocorre uma vez em 100 anos. Está prevista que o eclipse bloqueará uma área de 70 milhas, de Oregon à Carolina do Sul.

Parker Solar Probe

A Parker Solar Probe enviará sonda que orbitará a uma distância de menos de 6 milhões de km do Sol, sete vezes mais perto do que qualquer espaçonave já chegou.

Detalhes do projeto, cujo lançamento está previsto entre 31 de julho e 19 de agosto de 2018, foram divulgados pela agência espacial americana nesta quarta-feira (31) em um evento para a imprensa na Universidade de Chicago.

A sonda Parker Solar Probe passará a orbitar o Sol em órbitas cada vez mais próximas da estrela. Ao longo de quase 7 anos, a orbita chegará a 5,9 milhões de km do Sol, distância bem menor do que a de Mercúrio, planeta mais próximo da estrela. A sonda terá que suportar calor e radiação nunca antes experimentados por qualquer nave espacial.


Share:

Leave a reply